Casar pra que se eu gosto de gandaia
Rabo de saia, arrasta-pé
Solteiro minha vida tá tão boa
Tô que tô rindo à toa
Tropeçando em mulher

O bicho do casamento não me pega
Meu coração escorrega
A paixão não me segura
Adoro sentir a brisa do orvalho
Pulando de galho em galho
Sempre atrás de uma aventura
No meu dedo liso aliança não para
Pode ter beleza rara
Eu só quero namorar
E nessa de só passar o tempo
A fruta do casamento vou comendo sem casar

Vídeo incorreto?