Jesus caminhava pelas ruas
Com uma cruz pesada a carregar
O peso tão grande as vezes caía
Sobre chicotadas, levantaria
E a rude cruz, tornaria arrastar

Jerusalém saiu todas ruas
Pra ver a sentença que o povo lhe deu
Uma cruz pesada, nos ombros seus
E tudo isso era plano de Deus
Pra humanidade poder salvar

E hoje, quantos cristãos com chicote nas mãos
Os seus pecados terríveis estão a Jesus chicotear
Pecados graves, que cheiram nas narinas de Deus
São chicotadas que sangra corpo seu, torna Jesus crucificar

É longa tão longa caminhada
Olha a rude cruz pra carregar
Nas pedras, nas pedras o sangue pingava
O risco da cruz na estrada marcava
Ao ver o filho de Deus passar

Olhou os discípulos, todos correram
A multidão grita : ''Crucificai''
Uma cruz pesada, nos ombros seus
Segue apanhando o rei dos judeus
Mas no Calvário, Ele vai salvar

E hoje, quantos cristãos com chicote nas mãos
Com seus pecados terríveis estão a Jesus chicotear
Pecados graves, que cheiram nas narinas de Deus
São chicotadas que sangra corpo seu, torna Jesus crucificar

É como um câncer, câncer pecado
No corpo da noiva, apodrecer
As vestes são brancas, mas são manchadas
As mãos de sangue
A alma frustada com sangue inocente sem se conter

Quem brinca com fogo, quem planta vento
Tempestade, vai colher
Igreja, igreja, igreja ouça
Seguem pecando as virgens loucas
Mas no Calvário vai escurecer

Vídeo incorreto?