Aqui, na varanda da casa
Deitado na rede, estou a pensar
É noite, não quero dormir
Do resto do mundo, vou me desligar
Não quero jornal, nem TV
Não quero conversa no meu celular
Só por companhia, a lua e o vento
E o fiel companheiro que é o meu pensamento
Pois só ele consegue te fazer voltar

E no desespero das horas amargas
Acendo um cigarro pra me distrair
Então, fico olhando a fumaça
Que sobe no espaço, sem rumo a seguir
Assim é o meu sofrimento
Num total abandono, sem ter pra onde ir
Se estivesse comigo, era outra história
Não estaria somente na minha memória
Seria um motivo para eu sorrir

Sofro sim
Mas sei que um dia isso vai acabar
Irás lembrar de mim
E vai até chorar
Ao lembrar do meu beijo
E do meu calor

Vais voltar
Correndo em desespero para os braços meus
Pois sabes que ainda
Sou somente seu
E você é pra mim
O meu eterno amor.

Vídeo incorreto?