Você me fez assim
Brigou, fugiu de mim
Feriu meu coração
Fiquei nesse lugar
Tristonho a soluçar
Curtindo a solidão
Saiu da minha vida
Eu fiquei sem saída
Nas noites me atirei
E assim, de bar em bar
A me embriagar
Ah, como eu chorei

Sem rumo, sem destino
Neste meu desatino
Boêmio... hoje sou
Sem dar valor à vida
Entregue à bebida
Não sei pra onde vou
Nas noites... madrugadas
Sem você, minha amada
Vagando pelas ruas
São tristes os dias meus
O que me aconteceu
A culpa é toda sua

Você, mulher sem alma
Só me faz padecer
Apenas meus amigos
Vêm pra me socorrer
Quero mais uma dose
Pra me livrar da dor
Mulher, por sua culpa
Tô morrendo de amor.

Vídeo incorreto?