No sertão, aonde eu moro
A gente só vê beleza
Alegria está presente
É obra da Natureza
É onde a passarada
Se reúne todo dia
Bem antes do sol nascer
Já começa a sinfonia

O sabiá abre o bico
E já começa seu show
O canarinho da terra
Avisa que já acordou
Mostra a nova melodia
Que acabou de criar
O curió, canta macio
Pra sua amada acordar

O bem-te-vi, bem disposto
Canta de felicidade
Periquito e coleirinha
Gorjeiam a liberdade
O beija-flor já revoa
A linda rosa em botão
E no alto da palmeira
Ouço a voz do azulão

Os pardais e as rolinhas
Também entram na folia
Eu vendo essa maravilha
Me coloco em sintonia
Agradeço ao Criador
Por tudo que Ele fez
E amanhã novamente
Assisto ao show outra vez

Na minha casa, lá na serra
Eu acordo bem cedinho
Vai lá me fazer visita
E ouvir os passarinhos.

Vídeo incorreto?