Você que começou, que nunca perdoou
Que ainda se vinga, regulando amor
Mentiu quando falou, agora já passou
Mas não se entrega, nunca se entregou

Quem mais eu posso ser, que mais posso fazer
Quem mais seria, senão eu
Se não adiantou, me diga, por favor
Me ama ou me deixa ir
Não me perca amor, se resolve
Ou me deixa amor, ou se entrega a mim

E mesmo sem sorrir, ainda estou aqui
Ainda é tempo, não lavei minhas mãos
Se acaso decidir, não vir pela metade
Não durma no ponto, pra não chegar tarde

Vídeo incorreto?