Sinto a chuva que cai fina no meu corpo
Vejo mundo inteiro ao meu redor
E eu parado nessa massa inquieta.

Vejo o desamor, dono do coração de cada um
E me lembro que um dia Jesus Cristo
Lá na cruz se sacrificou por mim
E o amor jorrou no alto do calvário,
Jamais pensei que houvesse amor assim...
(e me lembro que um dia...)
... Amor de sangue! Amigo aceite esse amor!!

Jorrou no alto do calvário,
Jamais pensei que houvesse amor assim
Amor de sangue.

Vídeo incorreto?