Eu namorei uma moça que eu gostava muito dela
Vi seu terço na capela
Seu retrato na parede que o vento açoitava a rede Quando abalançava ela
Balança a pança
Balança, balança e cansa
Balança, balança e dança
Todo mundo balançar
A balança, balança, balança gente
Balança, balança terra
Balança, balança o céu
De um lado o índio
Do outro lado tem a lança
Desse lado tem um velho
Desse outro tem nené
De um lado o bolo
Do outro lado tem farinha
Desse lado tem balinha
Criançada vem comer
De um lado o ódio
Do outro lado tem amor
Desse lado tem justiça
Desse outro tem a dor
De um lado o mal
Do outro lado tem o bem
O equilíbrio da balança só quem tem é o mestre zen
De um lado tem o ódio
Do outro lado tem amor
Desse lado tem Brigidt
Desse outro tem Bardot
De um lado o mal
Do outro lado tem o bem
O equilíbrio da balança só quem tem é o mestre zen

Vídeo incorreto?