A concupisciência concebeu o pecado
E o vil pecado gerou a morte
A partir de então a humanidade
Viu desmoronar de vez a sua sorte
Mas o Soberado, do seu alto trono
Traçou logo um plano pra recomeçar
Veio em Jesus, através da cruz nos reconciliar

Tem um ponte estendida
Entre o abismo e a glória
Uma ponte de madeira
Onde a graça verdadeira
Deu sentido à nossa história
Este ponte de madeira
É a indesejável cruz
Onde com muito amor
Sua vida entregou
O meu Senhor Jesus

Vídeo incorreto?