No mar desta vida de lutas reidas estou a remar no grande oceano já quase a deriva estou a sofrer quando as grandes ondas atingem meu barco me causam pavor mas logo a ordem do piloto amado vem me socorrer

Acalma-ti vento aquieta-ti àguas não ouves a voz do mestre querido a ti ordenar não adianta a furia do mar porque meu amado nos grandes perigos comigo estas

E tu meu irmão que na grande tormenta estas a passar no meio das águas revoltantes quedas estas a lutar clama bem alto ao mestre querido pra vim socorrer e com sua mão forte salva depressa e vem ti valer

(refrão)

Vídeo incorreto?