Onde você dormiu noite passada


Minha menina, minha menina, não minta para mim
Me diga onde você dormiu noite passada
Nos pinheiros, nos pinheiros, onde o sol nunca brilha
Eu me arrepiarei a noite inteira
Minah menina, minha menina, para onde você vai
Eu vou para onde soprar o vento frio
Nos pinheiros, nos pinheiros, onde o sol nunca brilha
Eu me arrepiarei a noite inteira

Seu marido era um homem trabalhador
Foi encontrado a uma milha daqui
Sua cabeça foi encontrada num volante
Mas seu corpo nunca foi encontrado

Minah menina, minha menina, para onde você vai
Eu vou para onde soprar o vento frio
Nos pinheiros, nos pinheiros, onde o sol nunca brilha
Eu me arrepiarei a noite inteira