Bicho solto é malandro
E malandro da mancada
Se a mancada é se embalar
No embalo da madrugada
Quem acompanha morcego
Dorme de quengo pra baixo
E vacilação no morro
É motivo de esculacho

Esculacho só escuta
Quem merece escutar
Escute sujeito homem
Nao pago pra vacilar
Eu nao vou na sua praia
Pra voce nao ir na minha
Aqui nao é lugar para peixe pequeno
E o meu tubarao come a sua sardinha
Cada um na sua onda
Cada um na sua prancha
Eu nao vou la no seu barco
Tu nao vem na minha lancha
Cada um no seu cada um
Deixa o cada um dos outros
Se correr o bicho pega
E se pegar é bicho solto

Sardinha não é piranha
Piranha nao da no mar
Se a maré nao dá pra peixe
Vai pescar noutro lugar
Pra pisar no meu terreiro
Tem que ser no sapatinho
Teu cavalo tá capenga
Pra cruzar o meu caminho

Meu caminho eu mesmo faço
Com os passos que aprendi
Dependendo do seu traço
Vou somar ou dividir
O que é meu de direito
Ninguem vai levar nenhum
Nosso lema é um por todos
E todos por cada um

Vídeo incorreto?