Beleza da incerteza


Eu preciso de um espelho
Nos olhos de um homem
Eu não preciso de proteção
Contra meu plano à prova de balas

Eu tenho uma passagem
Para tudo que falta em mim
Você pode pensar que eu estou indo para sempre
Mas eu sei que vou voltar

Sento em minha mesa
Bebo da minha tigela
Sinto que o conheço agora
E continuarei até ficar velha

Você pode não me ver
Mas confie que eu ficarei
Mas não tem sentido em viajar
Se nos já estivemos naquele caminho

A noite é um assunto
Escondido na grama
Mordendo rápido
Dependendo das formas
Para ver o quanto dura

Mas você sabe mais
Você defende sua posição
Pode manchar um pouco
Mas ela sabe que você esta por perto

A beleza da incerteza...

Ooh...
Ahh, ooh