Querido


Querido, querido
Eu não quero
Que você se afaste, para tão longe de mim
Eu te aprisiono, eu me agarro
Ao seu pescoço ou aos teus braços

Está me ouvindo querido, querido
Você não tem escolha
Você ficará mudo e totalmente desorientado
Você não dá a mínima que minhas palavras
Sejam prisioneiras da minha voz
Se você quiser, se você quiser que eu desista
Se você quiser, se você quiser que sua pessoa
Seja libertada

Você só tem querido, querido
Que encontrar alguém, oh sim!
Que vá substituí-lo

Eu quero alguém que esteja ao meu lado
Eu quero alguém a noite para me escutar
Alguém que me ajude a sonhar
Ao me fazer dormir
Eu quero alguém que seja atencioso
Alguém para cuidar
Alguém como você e mais os sorrisos

Se você quiser, se você quiser que eu desista
Se você quiser, se você quiser que sua pessoa
Seja libertada

Querido, querido
Eu não quero, oh não!
Que você se afaste, para tão longe de mim
Eu te aprisiono, eu me agarro
Ao seu pescoço ou aos teus braços

Você está me ouvindo querido, querido?
Você está me ouvindo querido, querido?