A cada paso (tradução)


Que má sorte já voltou a chover,
nubla a minha mente a fumaça do café,
e volto a caminhar sobre molhado
Enquanto a chuva há borrado os meus passos
Sigo olhando ao chão igual a ontem
Não sei muito bem o quê, mas é perdido algo
O que é seguro é o que não está aqui
Talvez amanhã o siga buscando.

E a cada passo que dou algo me vou deixando
E a cada passo que dou o túnel é mais largo
A cada passo que dou me volto a encontrar fantasmas do passado,
Que me perguntam: que fazes aqui?
O que é que está buscando?

O tempo vai seguindo-me outra vez
Não sei porque talvez lhe deva algo
Mas o certo é que não sei o que é,
E se uma vez, o é super esquecido.

E a cada passo que dou algo me vou deixando
E a cada passo que dou o túnel é mais largo
A cada passo que dou me volto a encontrar fantasmas do passado,
Que me perguntam: que fazes aqui?
O que é que está buscando?

Hoje volto a estar perdida no asfalto
Enquanto a chuva há borrado os meus passos
Hoje volto a caminhar sobre molhado
E não sei o quê, mas é perdido algo,
E não sei o quê, mas é perdido algo...

E a cada passo que dou algo me vou deixando
E a cada passo que dou o túnel é mais largo
A cada passo que dou me volto a encontrar fantasmas do passado,
Que me perguntam: que fazes aqui?
O que é que está buscando?