Não há perdão


Deixo a minha mente em branco
para ver o que é perdido
Cada dia é mais duro ver-me assim
Não sei que me há passado
Mas é visto meus sonhos cair
Não há frases que me ajudam 2 histórias
nem minha própria confusão
Quero saber se minha dor... se é misturado com sua voz

Cair e sentir e voltar a perder tudo o que tenho
E calar a maneira e falar, buscar tudo o que perco
E cair e sentir e voltar a perder tudo o que tenho
E calar a maneira e falar e buscar tudo o que perco

Só são minhas recordações
Vou a buscar uma razão
Entre cancões que nunca escrevi
Não acreditaram em mim
Outro trem que se marcha uma vez mais sem avisar
Tempo me custará encontrar outra oportunidade
Quero saber se minha dor... se há misturado com a sua voz

Cair e sentir e voltar a perder tudo o que tenho
E calar a maneira e falar, buscar tudo o que perco
E cair e sentir e voltar a perder tudo o que tenho
E calar a maneira e falar e buscar tudo o que perco

Cair e sentir e voltar a perder tudo o que tenho
E calar a maneira e falar, buscar tudo o que perco
E cair e sentir e voltar a perder tudo o que tenho
E calar a maneira e falar e buscar tudo o que perco