Caminho aberto
Vou tocando a relva fria
Buscando a sintônia
Da luz que vem de você
Cabelo solto
Vem mudando a paisagem
Transformando a imagem
Invisível em real
Na noite clara
No embassar do orvalho
Coteja me assoalho
Revelando eu e você
Em quero paz, quero amor
E teu carinho
Teu calor
Bem de mansinho
Aquecendo o corpo meu

Vídeo incorreto?