Casa de palha por meus pais foi construída
Parede erguida, barro vermelho do sertão
Varanda grande coberta de sapê
Fecho os olhos e posso ver
O brilhar do lampião

Ai! Que saudade que dá
Ah se eu pudesse fazer o tempo voltar

Lá da baixada eu vou vendo o estradão
Onde a boiada passa e retalha o chão
Velha porteira com o mourão envelhecido
Ê! Tempo querido
Que bela recordação

Ai! Que saudade que dá
Ah se eu pudesse fazer o tempo voltar

O ipê florido e a linda cachoeira
Linda ribeira, quantas tardes passei lá
A sua água refrescante e cristalina
É uma benção divina
Poder ir lá se banhar

Ai! Que saudade que dá
Ah se eu pudesse fazer o tempo voltar

Forno de lenha
Mamãe sempre assava pão
Papai chegava, logo juntava os irmãos
Esse momento de família reunida
Vou guardar pra toda vida
Dentro do meu coração

Ai! Que saudade que dá
Ah se eu pudesse fazer o tempo voltar

Vídeo incorreto?