Sacode, sacode, vai minha bateria
Alegria do povão
Balança, balança x-9
Explode o meu coração

Amazônia mãe, ê ô
A dama do universo
Seus mistérios e magias
Das guerreiras índias a lutar
O luxo e o requinte da europa
Na seringueira
A mão do colonizador
O teatro amazonas e a borracha
Um misto de aventura e dor

Mãe d'água ê
Mãe d'água
Mostra o caminho no meu navegar
Foi curumim quem me contou
O segredo desse guaraná

É boi-bumbá (olha o boi, olha o boi)
Esse boi é garantido e caprichoso
Descendo o rio de manaus a parintins
Tudo isso é maravilhoso
Temos que usar a consciência
E despertar para um futuro promissor
Preservando a natureza
Pra nossa vida ter valor.

Vídeo incorreto?