Saio de São Paulo e vou pro Rio de Janeiro
Com minha bossa eu rodo o Brasil inteiro
Convidando minha gente pra sambar

Eu peço licença, pois também sou menestrel
E pra mim um pedaço de papel
Faço a minha poesia me explicar

Tudo fica lindo, quando a música a sorrir
Pois a arte faz a prosseguir
E elevar a nossa alma até o céu

Oooo….

Saio de São Paulo...

O "nego" descarado surge…descarado surge…
"saca" a nega e rebola no salão…

Eu peço licença...

Vídeo incorreto?