De cabelo ao vento linda de encantar
Passa nesse carro que ninguém mais tem
Com mil diamantes no peito a brilhar
E alguém rico ao lado a condizer também
Nem ao menos olha um momento sequer
Pra quem tanto a ama e não tem mais nada
Que um coração puro para lhe oferecer
Pobre em jóias raras mas rico em paixão

E eu fico a olhá-la como tanta vez
Sonhando que um dia ela me possa olhar
E troque os tesouros que outros dão talvez
Pelos sentimentos que eu tenho pra dar
Só que ela não pára por um Zé ninguém
Segue o seu caminho sem deixar sinais
Fica no seu mundo com tudo que tem
E eu volto a saber o que sei bem demais

Tudo que me resta é sonhar com ela
E passar a vida sem o olhar dela
Não tenho riqueza só meu bem querer
E um pobre apaixonado sei que ela não quer
Tudo que me resta é ilusão mais nada
Vê-la bem de longe sempre que ela passa
E aceitar de vez que ela não dá valor
A um pobre apaixonado que só tem amor
Nada mais que amor

De cabelo ao vento linda de encantar
Passa nesse carro que ninguém mais tem
Com mil diamantes no peito a brilhar
E alguém rico ao lado a condizer também
E eu fico a olhá-la como tanta vez
A ver se é se hoje que me dá sinais
Mas ela segue em frente nem sequer me vê
E eu volto a saber o que sei bem demais

Vídeo incorreto?