Eram dez virgens esperando o noivo
Aparentemente prontas para a hora em que o noivo fosse aparecer
Mas um detalhe lhes dividia
Era que cinco eram prudentes e cinco néscias
E não sabiam o que fazer

De repente todas adormeceram
E acordaram com um grito o noivo vem aí
E as loucas perceberam que já não tinham azeite
E azeite emprestado às prudentes elas foram pedir
Mas as prudentes lhes responderam
(Parece até que ouço em uma só voz)
Se dividirmos nosso azeite vai faltar pra ti e para nós
Vai comprar azeite, pois o que temos é nossa reserva
Vai antes que as luzes se apaguem e vocês fiquem em trevas.

Azeite não se empresta, também não se divide
Azeite se consegue com o joelho no chão
Vai ter que ter azeite para que tenha fogo
E se manter o fogo tem poder e tem unção
O noivo vem aí, olha tua reserva
Pois somente com azeite você vence o dia mal
Se tem alguém aí precisando de azeite levante a mão como sinal
Levante a mão pra receber azeite
Dá um sinal pra receber azeite
Dá um sinal pra receber azeite, Levante a sua mão
Dá um sinal pra receber azeite
Dá um sinal pra receber azeite
No celeiro de Deus tem azeite tem poder
E tem uma chuva de unção.

Vídeo incorreto?