Caminhando pela noite
Escutando os passos da minha solidão
Ao invés de cais vem essa coisa, me leva sem leme e sem direção.

Não existe amor sem medo
Tal como cega é a paixão
O inverno segue comigo, pelas ruas
Quando procuro uma razão.

Me esforço por sentir, mas sei a dor do meu desejo
E é tão frágil como cinzas e vem o vento e vem o medo
Quando eu caio em mim, meu coração se fecha por inteiro
Como um corte que não fecha, meu sentimento um segredo

Vídeo incorreto?