Sou um louco
Desapaixonado indo em frente
Vagando sem caminho e sem razão

Virei a esquina
E a solidão mostrou a cara
E disse: Bem vindo ao clube, meu irmão!

Você é a causadora
Das minhas angústias

Me faz sentir como se
Eu estivesse andando contra o vento

Sigo por ruas
Desertas e escuras
Como um planador sem direção

Já não me importa
A tristeza ou a chuva
Nem se o rádio toca sua canção

Embriagando
A minha dor
Pra apagar seus vestígios

Porque quando
A gente chega ao fim
Sempre pensa no inicio

Quero a certeza de um amor
Que me aqueça nesse frio
Sincero e ingênuo como na primeira vez

Quero a certeza de um amor
Que envelheça como vinho
E antes do fim do mundo desabroche outra vez.

Vídeo incorreto?