Deus do céu
Aquela mina me olhou de um jeito que não deu pra
acreditar
Doce mel
Deve ter o gosto do seu beijo, estou louco para
provar
Eu sou réu
Reconfesso e culpado por me apaixonar no primeiro
olhar
Foi cruel
Não me deu nenhuma chance de me defender e agora onde
ela está

Saí a procurar em todo lugar e se duvidar quando a
encontrar
Vou te conquistar, amar, baby
E lhe dar o meu amor

Fui a mil
Procurar aquela mina e não a encontrei, revirei todos
os cantos
Calafrio
Foi o que senti quando percebi que aquele encontro
seria o ultimo

O que faço agora eu sou idiota
Ela foi embora sem dieixar o seu telefone
Por um fio
Eu vou sobreviver e quando a encontrar, darei a ela o
meu amor

Saí a procurar...

Subirei, descerei o morro novamente
Como um guerreiro vencedor
Cantando o meu hino de amor...

Saí a procurar...

Já logo imagino um altar eu de terno e gravata com a
minha amada vestida de branco e véu, virar uma noite,
um motel roubando estrelas do céu, o que vai, vai o
que vem, vem, um jantar, um luar com champagne, Djavan
terminou de tocar eu preciso parar de sonhar...

Saí a procurar...

Vídeo incorreto?