Aí você que passa aqui, por que é que não passou por lá?
Até onde é que pensa em ir? Onde é que você quer chegar?
Atento que pra não cair, cuidado até se aproximar
O que você pode construir, você pode detonar

E tudo aquilo que se planta é tudo que se colhe
Não me espanta que se tenha a vida que se escolhe
Mais forte que o azar e a sorte só a fé
A fé de que se pode tudo que se quer

Mas é você que vai dizer, o que é que você quer plantar?
O que é que você vai colher, como é que você quer cuidar?
Nem tudo que se pode ter, agora é o que se poderá
Como é que você vai querer, onde é que você quer buscar?

Qual é a sua?
Qual é a sua?
Qual é a sua?
Qual é a sua?

Mas é você que vai fazer, você que pode acreditar
Se tudo pode acontecer, você é que vai determinar
Que time você quer ter? Que lado você vai ficar?
Que time você vai torcer? Pra quem que você quer falar?

E tudo aquilo que se planta é tudo que se colhe
E não me espanta que se tenha a vida que se escolhe
Mais forte que azar e sorte só a fé
A fé de que se pode tudo que se quer

Que tal então, você chamar, gritar, torcer, fazer por onde a vida
ver onde se esconde a sua vontade de vencer, do jeito que
você entender como melhor se é que quer compreender
o valor do suor, batida muda que a vida constantemente fala
e a gente sente mas não vê e quase sempre cala.
pode crer ou não crer, ser ou não ser, agora é você que vai dizer.

Qual é a sua?
Qual é o mundo que no fundo você pode ver?
Qual é a sua?
Que parte desse latifúndio cabe pra você?

Vídeo incorreto?