Stop stress que eu to ficando louco
Stop stress me tira do sufoco agora

Interno ao mundo moderno de tênis terno e gravata
Batendo lata com lata lotado de confusão
Eu já perdi a razão, o cabelo, o swing, o sangue,
o pandeiro, o tempero e todo dinheiro do mês

Sempre de mal com tudo, falando mal do mundo
Eu ia atrás dos passos de vocês
Estressadinhos da Estrela, complicadinhos da Troll
Tô fora da brincadeira de pilha eu tô legal

Stop stress que eu to ficando louco
Stop stress me tira do sufoco agora

Sem paradeiro, sem rumo, sem dica, sem direção
Sem solução, sem soluço,uhh! Sem confusão
Sozinho e sem destino, sem tino eu vou ficar
Soltinho feito um menino sem ter com que preocupar

Vou me mandar desse estado vou me mudar de canal
Num verso de Jorge Amado cantado por Dorival
Bem longe desse negócio, troquei o estresse por uns dias de ócio
E no mais, tchau!

Stop stress que eu to ficando louco
Stop stress me tira do sufoco agora

Não me acompanha que eu não sou novela
Sai do meu pé, tem horas que essa vida pela, mas espera
Que saco! Porque que eu tenho que engolir?
Correr, correr, correr... Atrás de quê? Peraí!
Parece que o mundo vai fugir, mas quem foge é a minha paz
Ei rapaz me trás um chope bem gelado e um bom livro
Que eu fechando para reciclagem.

Stop stress que eu to ficando louco
Stop stress me tira do sufoco agora

Vídeo incorreto?