Eu não quero ascender nem mais um cigarro
Nem mais um estrago vai se dar em vão
Eu não quero marcar outro encontro bizarro
Puxo meu carro pela contra-mão

Cheguei num limite e não aceito palpite
Que possa me parar
To fazendo as malas
Visitando outras casas onde eu possa ficar

Existe um lugar que caiba minha vida
Existe remédio pra cuidar das minhas feridas
Momentos de tédio me dão ansiedade
Não posso parar de lutar pra bancar a minha felicidade, felicidade.

Eu não quero deixar outro copo vazio
Nesse dia sombrio pro meu coração
Não consigo chorar muito menos sorrio
Só penso em achar a minha direção

Eu saio pra rua, no mundo da lua
Tropeço e caio na real
Normal, não me rendo, não me dou,
Não me vendo, não me deixo levar

Existe um lugar que caiba minha vida
Existe remédio pra cuidar das minhas feridas
Momentos de tédio me dão ansiedade
Não posso parar de lutar pra bancar a minha felicidade, felicidade.

Vídeo incorreto?