Essa eu vou mandar botar na rádio,
No festival
No megafone do estádio de futebol
Do Carning Hall ao carnaval de Rua, vai rolar!
Na TV, no sarau, no Caraokê,
No jornal, em todo canal
Toda via, a alegria
É um quadro viral em expansão
Saliva a língua na língua da multidão

Com essa eu vou sair do chão,
Que já perdi a linha,
E já não é só minha essa emoção
Com essa eu vou sair do chão
Salto em queda livre e tiro de canhão

E não cabe no meu coração
Não cabe, não cabe
Cabe no meu coração
E não cabe no meu coração
Não cabe, não cabe
Cabe no meu coração

Essa eu quero ver quem é que pode
Quem não sacode,
Quem é que foge cada que ela conduz
Quem não explode fantasia e luz
Essa é mais sensacional que a sensação de mal
Saber quem somos nós
Essa espécie especial do sobrenatural
Travou a minha voz
E me ligou num furacão

Com essa eu vou sair do chão,
Que eu já perdi a mão,
E já saiu do corpo o que restava são
Com essa eu vou sair do chão
Um tiro de alegria ofusca a luz do dia e eu já não sei mais não

E não cabe no meu coração
Não cabe, não cabe
(Que acaba o meu coração)

Vídeo incorreto?