Vou perseguir você, não posso te deixar
Vou perseguir você

Sem você fica mais frio aqui
Tudo é estranho, alegria diminui
E a tristeza aumenta de tamanho
Eu me sinto mais fracote, eu me sinto mais só
Me sinto menos humano, me sinto bem mais pó
Você é necessário, bem mais que o ar faz falta
A minha alma clama o teu nome em voz alta
Me exige teu toque, me exige tua presença
Se eu só conquistar você a busca já compensa

Jéssica:
Eu vou andar, até alcançar você!
Eu vou buscar, até encontrar você!
O meu viver, depende de você!
Não posso te deixar, preciso de você!

Busco dentro de mim, caço pela memória
Por qualquer coisa que faça lembrar a nossa história
Por que você se foi? quanto distanciei?
Por quanto ouro desse mundo vendi a tua lei?
Quanto te machuquei? por que eu te disse não?
Será que ainda me ouve? vim te pedir perdão!
Não só por salvação... não só por teu temor
Mas por que eu aprendi valorizar o teu amor

Jéssica:
Eu vou andar, até alcançar você!
Eu vou buscar, até encontrar você!
O meu viver, depende de você!
Não posso te deixar, preciso de você!

Você me diz que lembra, me diz que me esperava
Me diz que me enxergava, quando eu te procurava
Me estende sua mão, me mostre o teu caminho
Me diz que estive errado, mas não estive sozinho
Você me acompanhava, de noite e de dia
Ninguém te enxergava, mas eu já te sentia
Você sempre fez falta, por ser incomparável
Minha cabeça dura, seu coração amável
Eu te entrego minha vida, te devolvo minha vida
Você criou a vida, você é minha vida
Então te dou minha vida, tudo que há em mim
Me entrego novamente a ti até depois do fim

Jéssica:
Eu vou andar, até alcançar você!
Eu vou buscar, até encontrar você!
O meu viver, depende de você!
Não posso te deixar, preciso de você!

Vídeo incorreto?