São muitos os acomodados
Em ombros de Piratas
Transmitindo o que se recebe
Sem reflexão como se fossem antenas
Insatisfeitos com a aparência
Satisfeitos com o próprio cérebro
Assim querem porque querem
Liberdade à Barrabás!

Como bebês que pegam qualquer coisa
E em seguida põem dentro da boca
O discurso, o escrito, o que os olhos viram
Devorados são sem examinar
Informação é direção
Reflita, pondere, conclua
Mesmo que soe linda, reluza como ouro
Mesmo que venha de fulano de tal

Independente da informação
Pense, repense. Não engula inteiro!

Vídeo incorreto?