Cidadezinha
(Lucas Cardoso)

Cidadezinha pequenina,
Seu Zé do bar da esquina, seu "Manel" do armazém
Seu Miguel da padaria, seu "Jão" da barbearia
Na estação o velho trem
Tanta coisa que me encanta, o tempo de criança
Ficou na lembrança quando eu parti de lá

Cidadezinha pequenina
Sempre a mesma menina, a namorada que sonhei
Todo domingo na praça, ela sempre uma graça, seu corpinho eu abracei
Mas seu Francisco, o pai dela, já gritava da janela -"Primero tem qui casá"
Mas quando ele descuidava, a Cidinha eu apertava e lhe beijava sem parar
Assim se levava a vida, bem descontraída
Tudo era motivo pra alegria e pra brincar

Eu fazia tudo às pressas
Quando chegavam as festas do rodeio na cidade
Eu vou, que felicidade a minha
Eu levava a Cidinha que está sempre onde eu estou
Hoje tem cantor de fora
Já ta passando da hora
Olha ele, é agora, vai começar o show

Canta, canta que a gente dança
No rodeio uma festança
Todo mundo se diverte a cantar
Assim é que se levava a vida
Simples e descontraída sem ligar pra hora de voltar
Tanta, tanta coisa que me encanta do meu tempo de criança
Hoje é só lembrança desde que parti de lá

Vídeo incorreto?