Poderia ser eu mesmo
Ou até mesmo você
Ser alguém que hoje vejo
E fico triste só de ver

Rostos maltratados
Retratando humilhação
Olhos assustados
Que não veem proteção
Mãos cansadas
Calejadas procurando pão
Pernas esgotadas
Mais uma jornada em vão

Corpos doloridos
Mal dormidos pelo chão
Braços encolhidos
Que nem mais abraços dão
Sonhos esquecidos
Nas esquinas da ilusão
Vidas não vividas
Já que a vida disse não

O que nos faz irmãos
Não é a cor, a raça
O status, a religião
É o que cada um carrega
Dentro do seu coração

Vídeo incorreto?