Corremos tanto pro futuro um tanto inseguros
Percebemos infelizmente
Que não deixamos o passado
Revirando os mesmos dados despercebemos o presente

Cavamos muito em busca de tesouros escondidos Esquecemos que sozinhos nenhum ouro faz sentido
Fomos tão longe e nos achamos perdidos

Mas combinamos que talvez
Quem sabe Por que não?
Quando a saudade batesse
Que nesse dia eu voltaria de alma e coração
E o dia é esse

Na escuridão da estrada uma noite não é nada
Na direção vão as lembranças de você
Temos muito ainda o que viver

Amanhã pela manhã depois que o sol nascer
Prepara o café que só você sabe fazer
Me espere na porteira
Ao longe na poeira estou voltando pra você
Estou voltando pra você

Vídeo incorreto?