Meu amor brigou comigo
Me expulsou da casa dela
Eu aproveitei o embalo
E saí numa banguela

Tô aqui nesse bailão
Aproveitando pra valer
Só saio desse salão
Quando o dia amanhecer

Deixa a pipoca arrebentar
Deixa o fogo alastrar
Tristeza é coisa que eu não tenho
Quando a poeira baixar
Ela vai me procurar
Eu sei o mato que eu lenho

Vez em quando eu penso nela
E fico meio grilado
Mas na mesma hora eu vejo
Um monumento do meu lado

O negócio é dançar
Já que tudo ta danado
Não adianta mais chorar
Pelo leite derramado

Deixa a pipoca arrebentar
Deixa o fogo alastrar
Tristeza é coisa que eu não tenho
Quando a poeira baixar
Ela vai me procurar
Eu sei o mato que eu lenho

Vídeo incorreto?