Sem as molas sepado carreta de patrão
O som no talo gravera que faz tremer o chão
Sem as molas, sem as molas.

Daquele jeito a lataria engolindo a roda
Bate no chão peito de aço raspa o quebra-mola
Tu abre a boca e vira fã quando eu corto giro
To sem as molas com as cat o xenon da o brilho

Nois banca o luxo das danada e paga condição
Ela me banca la na cama cheia da tesão
To de rueira so zueira com as paty vip
Absolut, red, green so frevo de elite

Gelo na taça e black label chega aqui na rua
Mais tarde e sexo selvagem rapariga nua
Claro que consta os invejosos atrazando o lado
Cresce as biloca quando ve os carro sepado

O carter bate me inspiro terror das formigas
Elas se abaixem se não vou ter que passar por cima
So marrretada nos falantes cara-preta vibra
Grave encomoda igual os terremoto la da china

Sem as molas sepado carreta de patrão
O som no talo gravera que faz tremer o chão
Sem as molas, sem as molas.

As 17' tem aro 20 e moda
Cola comigo e fala mal mais paga pau pras rodas
E os policia param, querem guinchar meu carro
Prender meu doca me dar multa por ta rebaixado

Nem gosto de altura o chão e meu limite
To sem as molas tipo o game need for speed
Grave alucina ela rebola bebendo ice blue
De saia curta sem calsinha ela apresenta o haaaa

Tu sabe como e você vale o que tem
Fama mansão mercedes benz e nota de cem
Inveja aqui e mato, tentam me destruir
Meu santo e forte fé em deus pode cre não vou cair

Os roncão e o tormento motor e instrumento
E na madruga eu continuo vou rasgando o vento
De luck strike e black depois das zero e teste
Fogo na blunt white horse, smirnoff e cash

Vídeo incorreto?