Segunda Feira de Tarde
Tava caindo garoa
Cheguei "na" beira do rio
Peguei a velha canoa
E a canoa foi rodando
Ai, ai eu fui sentado na proa.

Lá no porto das Araras
Que o rio claro deságoa
Vou entrando na vazante
Água pesada recoa
E jogo a tarrafa n´agua
Ai, ai tirar peixe a gente soa.

No Lugar que não da nada
A gente descorçoa
Deixo o meu anzol de espera
Onde o peixe grande amoa
E volto alegre pro rancho
Ai, ai quando faço pesca boa.

O Vento forte do sul
Vem deitando as taboas
A garça da meia volta
Pra descer lá na lagoa
Ela vem de manhã cedo
Ai, ai quando é de tarde ela voa.

Sou Violeiro e Pirangueiro
E só canto modas boa
Todas as modas que eu invento
Quem escuta não enjoa
Estando com meu companheiro
Ai, ai garanto a minha coroa.

Vídeo incorreto?