Se eu estou chorando é de saudade
Nuvens que se formam no meu peito
Que envolve fatos, artefatos, relampejos
Uma explosão sobre a cidade
Mas não tranca o mundo de ternura
Nem a porta da felicidade, meu amor
A partir de agora eu sei
Que pra sempre eu te amarei
Só porque eu choro de saudade

Essa dor não quer dizer desamor
É a flor do manifesto
Um protesto contra aquilo que foi
Um modesto desabor
Pois quem ama chama de separação
Uma coisa simples, sem razão
Sempre que houver motivo eu vou
Chorar de novo, pro bem do meu coração

Vídeo incorreto?