Tô precisando de um chaquaio de vanera,
De um chaquaio de vanera, de um chaquaio de vanera
To precisando de um chaquaio de vanera,
No balanço desse fole arrasto o pé a noite inteira

Um sacudido desses que em maçaroca
Que o mulheredo empipoca é desses que eu acho bom
E nessa noite nem me fale em aporreado
Só segunda do povoado vou volta lá pro fundão

Na sexta feira quando chega atardezinha
Já farejo a ladainha, e me apreparo no galpão
Saio bem loco da cabeça atarentado
O corpo veio ta viciado de ir onde tem bicho bom

Antes de tudo do uma cruzada na venda
Lá mora a filha da benta, sei que eu sou um partido bom
E não demora eu me emrrosco com essa loca
Pra acaba com vida braba que leva este peão

Até que isso aconteça
Eu vou levando essa vida de campeiro no estilo da fronteira
Ronco de gaita é coisa que eu fico loco
Tô com o corpo calejado de chaquaio de vanera

Vídeo incorreto?