Eu sou um caminhoneiro
E vivo na estrada
Distante de alguém
Que tanto me ama
E pensando nela
Eu fico torcendo
Pra chegar depressa
O fim de semana
Ao fechar os olhos
Parece que vejo
Meu bem me abraçando
E dizendo assim:
Três noites apenas é pouco demais
Pra quem ama tanto
Isso não satisfaz
Eu quero você toda noite pra mim
E falando isso
Me beija, me assanha
Me aperta, me arranha
De tanto calor
Aí ela chora, chora, chora
E nada me diz
E nesse momento
Eu me sinto feliz
Ao vê-la chorando de tanto amor
Nas curvas da estrada
Eu nunca vacilo
E em casa eu uso o mesmo sistema
É tanta paixão
Transformada em saudade
Pra ser destruída em três noites apenas
Serão quatro noites
De novo distante
Cada um curtindo o azul a vontade
Na sexta eu volto pra casa de novo
Será mais um fim de semana gostoso
Vou ouvir baixinho amor que saudade
E falando isso
Me beija, me assanha
Me aperta, me arranha
De tanto calor
Aí ela chora, chora, chora
E nada me diz
E nesse momento
Eu me sinto feliz
Ao vê-la chorando de tanto amor

Vídeo incorreto?