O completinho

Ando na rua faceiro no meu sossego
E logo quando percebo elas me pulam no pescoço
Gritam meu nome me chamando de querido
Quando vejo to metido no meio do chumbo grosso
Dona patroa já anda fula da vida disse que ta de saída
Desse jeito não da mais
Falo neguinha isso é coisa da tua cabeça
Por favor não se aborreça por que eu te amo de mais

Sou swingueiro na vanera maxixeiro de primeira
Malandro e muito fora da linha
Eu sou malandro e bom de bola
Não deixo faço na hora
Sou carinhoso e meloso dessas pombinhas

Ta me seguindo usando disfarce e tudo
Tem um irmão abelhudo que só quer me interrogar
Ela me espia abusa da paciência
Ta fazendo conferência na agenda do celular
Disse pra ela deixa dessa de sherlock
Afinal eu não sou loque sou eu quem sempre te amou
Não leva a mal meu pedacinho de céu
É por causa desse mel que elas dizem que eu sou

Vídeo incorreto?