Matando-me suavemente


dedilhando minha dor com seus dedos
Cantando minha vida com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção
Matando-me suavemente com sua canção
Narrando minha vida inteira com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção

Eu o ouvi cantar uma boa canção, eu vi que ele tinha um estilo
A então eu vim vê-lo para ouvir por um momento
E lá ele estava, um jovem garoto, um estranho para meus olhos

Dedilhando minha dor com seus dedos
Cantando minha vida com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção
Matando-me suavemente com sua canção
Narrando minha vida inteira com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção

Eu senti calafrios de febre, envergonhada pela multidão
Eu senti que ele encontrou minhas cartas, e leu cada uma em voz alta
Eu rezei para que terminasse, mas ele apenas continuou

Dedilhando minha dor com seus dedos
Cantando minha vida com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção
Matando-me suavemente com sua canção
Narrando minha vida inteira com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção

Ele cantou como se me conhecesse em todo meu escuro desespero
E então ele olhou fixamente como se eu não estivesse lá
Mas ele apenas veio cantar, cantar claro e forte

Dedilhando minha dor com seus dedos
Cantando minha vida com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção
Matando-me suavemente com sua canção
Narrando minha vida inteira com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção

Ele estava dedilhando, oh, ele estava cantando minha canção
Matando-me suavemente com sua canção
Matando-me suavemente com sua canção
Narrando toda minha vida com suas palavras
Matando-me suavemente com sua canção
com sua canção...