Palavras guardadas


Ainda sobrou pedaços de papel
Da carta que não te mandei
Palavras guardadas na voz
Que eu mesma sempre quis silenciá-las

Eram as mais belas que jamais disse
Sei porque nelas
Cheguei a revelar uma linda verdade
Uma linda verdade

Não foi tão difícil
Nada mais, venci aquele medo de dizer
Um simples te quero
Quem sem ti se quer cheguei a sentir

Mas no entanto não fui capaz
De ser tão valente até o final
Mas teria escrito
O triste e temido nome de adeus

Eram as mais belas que jamais disse...

Como não poderia ter sido
Se no final, daquele frio de inverno, nada mais,
Eu só lembro do calor
De estar abraçada ao teu corpo