Eu não consigo viver sem seu dengo, meu amor
É bom demais estar com você
Acho bonito, acho muito lindo
Ver você sorrindo, ouvir você dizer
Que eu sou dengoso e meio desligado
Que sou descarado e não sabe o porquê
Me ama com tanto xamego
Me chama de nego, quando quer xodó
Aí começa aquela agonia
Que faz a gente levantar do chão
A gente esquece a hora e passa o dia
E a noite vem sem prestar atenção
Que prós amantes, tanto faz
O que importa é o impulso, é o desejo, é a paixão
Eu te amo quando é de manhã
Eu te amo quando é meio-dia
Eu te amo quando é de noite
Eu te amo todo santo dia
Eu te amo de qualquer maneira
Eu te amo até naqueles dias
Que por qualquer besteira você briga
E se intriga sem qualquer razão
Eu te amo, eu te quero, te desejo
Eu te dou meu coração.

Vídeo incorreto?