Não sei se preciso guerra
Mas sei quanto a guerra custa
Não sei se a bondade é justa
Mas sei que a justiça erra
Não sei se ainda subo a serra
Mas sei que ainda desço o morro
Não sei se apanhando corro
Mas sei que a de haver motivo
Não sei se morrendo vivo
Mas sei que vivendo morro

Não sei se mereço afago
Mas sei quando sinto enlevo
Não sei se pagando devo
Mas sei que devendo pago
Não sei se laguna é lago
Mas sei que uma fonte é jorro
Não sei quando serei forro
Mas sei que nasci cativo
Não sei se morrendo vivo
Mas sei que vivendo morro.