Não vou mais pretender, não vou mais mudar
não vou analisar, não vou reconhecer
não vou mais te lembrar e depois te esquecer
não vou mais chorar e não vou mais vomitar
não vou mais reclamar, não vou mais criticar
não vou mais admirar quem não tem pra comer
não vou mais entender não vou enlouquecer
não vou somatizar vou sobreviver

Me perdi no lago sul
profundo e tão gelado
os olhos não fecharam
os dedos enrugaram

não vou mais pretender, não vou mais mudar
não vou analisar, não vou reconhecer
não vou mais te lembrar e depois te esquecer
não vou mais chorar vou sobreviver

Fora daqui, só você, só você, só você...
Fora daqui, só você, só você, só você...
Fora daqui, só você, só você, só você...
Fora daqui, só você, só você, só você...

Me perdi no lago sul
profundo, escuro
minha vida já tão leve, se entrega,
se resguarda desse frio, desse rio.

Vídeo incorreto?