Quando a alegria insiste em não visitar
O sol irradia só pra lembrar que
Nem que seja só um pouco melhor
Já é um hino pra cantar

Então eu pego o trem e atravesso a cidade
Pontes da zona norte a zona sul de mim
E a triste que chegou na madrugada
Hoje se desfaz nas águas e no sol do arpoador

E amanhã é outro dia, quem diria
Tem fantasia e a vontade
De viver mais uma vez aquela cor
Aqueles dias de verão

Se todas as coisas cooperam para o bem
É a beleza da sua vida
No sol do arpoador

Vídeo incorreto?