Brilha,
Princesa,
Que vai buscar,
Tua ilusão,
O teu sonho de ser... A nova estrela, a pop-star,
E a sensação, que o mundo quer ver...
Pra que olhar, o seu olhar...
Com tanto adeus,
Se o amor morreu.
Vai, finge que não vê, que eu te amo, você nunca quis saber dos
meus planos.
Talvez se um dia qualquer do futuro,
Você possa entender o absurdo de viver só
Vai, finge que não vê, que eu te amo,
Você nunca quis saber dos meus planos
Talvez se um dia qualquer do futuro,
Você possa entender o absurdo de viver só...

Vídeo incorreto?