Meu pecado (part. fato)


Esta noite eu estarei aliviada
Tua recordação se mantem viva em mim
Um suspiro, meu fiel testemunho
De que continua estando comigo

Os caminhos da discórdia
A maçã a devorar
A tristeza de ter me dado um beijo
A suplica de não chorar

O vento me roça a pele
E me dói a alma de tanto te querer
Já não sei se morro te beijando em meus sonhos
E renasço

Você é meu pecado

Será meu pecado talvez
Acaso eu tenha sido mulher
Agora o que faço, a quem chamo?
De quem é a culpa?
Será meu pecado talvez
Meu Deus pode acreditar
Me sinto confusa, de pronto me entrego
E volto a cair

O vento me roça a pele
E me dói a alma de tanto te querer
Já não sei se morro te beijando em meus sonhos
E renasço

Você é meu pecado

Será meu pecado talvez
Acaso eu tenha sido mulher
Agora o que faço, a quem chamo?
De quem é a culpa?
Será meu pecado talvez
Meu Deus pode acreditar
Me sinto confusa, de pronto me entrego
E volto a cair

Será meu pecado
Será meu pecado ser mulher
Será meu pecado
Será meu pecado ser mulher