Angelina, angelina


Oh, Angelina, Angelina era uma amiga minha
Ela costumava ouvir meus acordes e murmurar "o céu parece bom"

Oh, Angelina, eles falaram que você é só uma mala que combina com sapatos
Mas é você quem ouve o clamor dos meus blues

Oh, Angelina, ela estava sempre ao meu lado
Ela podia encarar as montanhas que todos achavam muito selvagens

Não selvagens demais para Angelina porque ela não critica meu atos
Não, não a minha Angelina, ela nunca analizará os fatos

Oh, Angelina, ela guarda minhas cores mais secretas
E ela não dá para ninguém os meus cinquenta centavos

E se eu precisar de algo eu posso contar com a mente da Angelina
Porque dentro dela sempre está o que eu procuro encontrar

Oh, Angelina, ela carrega coisas nas minhas costas
E ela não reclama que minhas gaitas estão desorganizadas